Elisabelferriche's Blog

dezembro 19, 2016

E as mulheres continuam sendo agredidas

Edvania é agredida

Edvania é agredida

Aconteceu de novo. Nem consigo imaginar que em pleno 2016 ainda haja este tipo de ocorrência no nosso país, mesmo depois da aprovação da Lei Maria da Penha, que completou 10 anos. O caso recente aconteceu em  Três Corações (MG) e felizmente está bombando nas redes sociais. A segurança de um clube  foi agredida neste final de semana pelo marido de uma delegada da cidade. Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, estava apenas defendendo a delegada do próprio marido, quando foi agredida por ele e disse que vai lutar para que o caso não fique impune. O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, de 34 anos, está preso preventivamente no presídio da cidade. (Assista a entrevista completa)

Em entrevista ela disse que “nenhuma mulher deve se calar, por mais medo que possa ter. Se acontecer com elas, elas têm que tomar providência sim. Porque se você está disposta a deixar uma vez, você está disposta a apanhar pro resto da sua vida. Não só ele vai ser covarde, você também”. O recado deve servir para todas as mulheres, inclusive para a delegada da mulher Ana Paula Gontijo, que mesmo após a confusão não deu voz de prisão para o marido agressor. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a delegada saiu do local antes da chegada dos policiais. No entanto, o boletim informa que ela entrou em contato com a PM cerca de 1h depois confirmando ter sido agredida.

Que delegada das mulheres é essa que é agredida pelo marido? Que delegada das mulheres é essa que não prende um agressor em flagrante? Situações que devem ser apuradas.

Em entrevista ao G1 a segurança disse que agora só espera que seja feita justiça. Ela e todas as mulheres do Brasil que assistiram ao vídeo. Também esperamos que a delegada saia da delegacia, pois provou que não pode estar no local onde deveria ajudar as mulheres. O comerciante agressor já está na cadeia. Segundo a Polícia Civil, as agressões contra a delegada serão enquadradas na Lei Maria da Penha. Já pelas agressões contra a segurança, o comerciante irá responder por lesão corporal. A pergunta que se faz é: a delegada vai denunciar o marido agressor?

 

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: